Como dar entrada na aposentadoria por invalidez




Caso você tenha sofrido uma lesão grave que te deixou permanentemente inválido para realizar qualquer função empregatícia dentro do mercado de trabalho, você pode pedir ao governo, primeiramente, o auxílio-doença, a fim de receber um salário para que você consiga viver até uma possível reabilitação ou recuperação.

Algumas doenças, por exemplo, também foram listadas para ajudar a vítima diante dessa situação. Assim, após pedir o requerimento, você deve esperar a perícia-médica consultar com você, avaliando o seu estado físico e mental para comprovar de fato a incapacidade de se tornar ativo e empregador.

dar-entrada-aposentadoria-invalidez

A cada dois anos a condição da vítima é reavaliada. Caso sua situação mude e apareça uma certa recuperação, o benefício é cortado imediatamente devido ao fato de o empregador poder se reabilitar e começar a trabalhar novamente.

A perícia-médica irá indicar a aposentadoria por invalidez, uma vez que esteja constatado que o indivíduo está permanentemente incapacitado de exercer qualquer atividade empregatícia.

Doenças que são isentas de carência

Se o indivíduo já é afiliado ao INSS e contribui anualmente, e, devido algum acidente, possa ficar impossibilitado de trabalhar, a aposentadoria por invalidez é iniciada. Lembrando que muitas vezes você deve comprovar, a partir de laudos médicos e a visita da perícia-médica acerca da sua situação.

O INSS, muitas vezes, costuma não acreditar que a pessoa possa ficar incapacitada de trabalhar, então, a dignidade do indivíduo é abalada, podendo sofrer outros transtornos mentais. Sendo assim, cabe o INSS respeitar as limitações de cada indivíduo, principalmente se for constatada sua invalidez. As doenças que são isentas de carência são:

  • Tuberculose Ativa
  • Hanseníase
  • Alienação mental
  • Neoplasia maligna
  • Cegueira
  • Paralisia irreversível e incapacitante
  • Cardiopatia grave
  • Doença de Parkinson
  • Espondiloartrose anquilosante
  • Nefropatia grave
  • Estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante)
  • Síndrome da deficiência imunológica adquirida – aids
  • Contaminação por radiação, com base em conclusão da medicina especializada
  • Hepatopatia grave

Observações

Além da aposentadoria, os indivíduos costumam a contribuir para a previdência, para que o futuro seja ainda mais confortável.

Entretanto, caso a pessoa já está com doença e começa a contribuir para a previdência, o benefício não pode ser sacado, uma vez que agiu por má vontade e falsos princípios.

Entretanto, se o estado agravar por conta da doença, o beneficiador pode ter direito ao auxílio.

Requisitos

Para dar entrada a aposentadoria por invalidez, o indivíduo deverá comprovar a doença que o torna impossibilitado de trabalhar, tal como estar afastado do trabalho por pelo menos 15 dias.

Além disso, deve ter contribuído ao INSS 12 vezes, com exceção de ser um acidente ou doença, como previsto na lei. O empregado deverá imprimir o requerimento no site oficial e agendar a perícia-médica para constatação.

Documentos necessários

  • Documento de Identificação com foto;
  • CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • Comprovantes de pagamentos ao INSS;
  • Laudos médicos;
  • Declaração carimbada pela empresa acerca do afastamento do empregado;
  • Comunicação de acidente de trabalho.

A aposentadoria por invalidez garante uma vida mais sossegada e mais calma ao indivíduo que perdeu a chance de trabalhar.

2 Comentários

  1. eu camila de paula pierucci gostaria de medicos de pericia dar entrada aposentadoria por invalidez rg 2384148603 cic24607976806

  2. aux doença gostaria de que pagasse beneficio por 3 anos ou mais pericia medica pois ja deu deferido camila de paula pierucci favor nao complique facilite pericia medica

Deixe um comentário