Como dar entrada na aposentadoria por tempo de contribuição




Outra modalidade para que você possa dar entrada na aposentadoria é pelo tempo que você contribuiu, independente se já chegou a idade mínima de aposentar ou não. Uma nova lei entrou em vigor a partir do fim do ano passado acerca da aposentadoria por tempo de contribuição.

O tempo de contribuição deverá somar 180 meses para que você possa ter a aposentadoria que sempre quis. Essa nova lei permite fazer um novo cálculo para que o aposentado receba o valor integralmente sem redução no benefício quando a Previdência é também faturada. Sendo assim, é ainda mais compensador.

dar-entrada-aposentadoria-tempo-contribuicao

Mas, para você entender melhor, explicaremos as três opções de se aposentar por tempo de contribuição:

Regra 85/95 (nova)

Não há idade mínima para pedir a aposentadoria, mas a pessoa, tanto homem quanto mulher, deverá ter contribuído, no mínimo, 180 meses ao INSS. O que deverá ser feito é o seguinte: somar a sua idade com o tempo de contribuição.

Para que você consiga o valor integral da aposentadoria, a soma deve atingir 85 pontos para as mulheres e 90 pontos para os homens. Por exemplo: José tem 52 anos e contribuiu por 39 anos. Resultado: 91 pontos. Logo, ele poderá receber o valor total.

Regra 30/35

Essa regra é a mais utilizada. O mínimo de contribuições deve ser de 180 meses. A mulher, para dar entrada na aposentadoria por tempo de contribuição, deverá ter contribuído por 30 anos ao INSS, enquanto o homem 35 anos.

Regra Proporcional

Nessa regra já muda a idade mínima. Enquanto a mulher deve ter 48 anos, o homem 53 anos de idade. A carência continua a mesma, 180 meses de contribuição. Entretanto, o tempo pode ser de 25 anos para a mulher (mais anos adicionais) e 30 anos de contribuição para o homem (mais anos adicionais).

Lembrando que esse tipo de aposentadoria não oferece o valor integral. O indivíduo pode receber cerca de 70% do valor da aposentadoria.

Documentos necessários

Para dar entrada na aposentadoria por tempo de contribuição, basta ter em mãos:

  • Documento de identificação
  • CPF
  • Carteira de Trabalho
  • Comprovante de pagamento de contribuição ao INSS

Foi preciso remanejar a aposentadoria por tempo de contribuição, uma vez que foi percebido o quanto a expectativa de vida da população está aumentando enquanto a taxa de fecundidade está abaixando.

Sendo assim, a população tende a ficar mais velha, alcançando mais rapidamente os benefícios da aposentadoria. Para a previdência isso pode ser ruim, já que terá menos contribuintes com o passar do ano e mais pessoas para pagar a aposentadoria por mês.

Logo, se aumentar o tempo de contribuição, também aumenta o valor integral, por isso que criaram a regra 85/90 para chamar atenção daquele trabalhador que quer ter um futuro mais acomodado e sustentável.

Já foi dito também que esse sistema de pontos será mudado a cada dois anos devido ao avanço da população para a terceira idade. A dica é: comece a pagar o INSS o quanto antes!

Um comentário

  1. Francisco Pereira Ladislau Filho says:

    Desejo informações…!!!

Deixe um comentário