Como dar entrada na carteira da OAB




O sonho de se tornar um advogado de sucesso começa quando o estudante se matricula na Faculdade de Direito, mas só será realizado por completo quando ele conseguir a tão sonhada carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Mais do que apenas identificá-lo como advogado, a carteira serve para permitir que ele possa exercer a sua profissão, advogar. Se você é bacharel em Direito e pretende dar entrada na carteira da OAB, acompanhe o texto a seguir para conhecer todos os procedimentos necessários para adquiri-la.

dar-entrada-carteira-da-oab

Exame de Ordem

O Exame da Ordem dos Advogados do Brasil é o meio pelo qual o interessado – no caso, o bacharel em Direito – pode obter a sua carteira da OAB. Por meio do exame, o bacharel deve demonstrar que tem a capacidade, o conhecimento e a competência requeridos para advogar. É só após a provação no exame, a carteira pode ser emitida.

O exame é realizado três vezes por ano, em todo o Brasil, e é dividido em duas partes:

1) Prova objetiva: ela é composta de 80 questões com alternativas A, B C e D, sendo apenas uma delas a resposta correta. Como cada questão vale um ponto, a nota máxima é 80 e a mínima 0. Cada área do direito tem um número específico de questões (nessa fase, são 17 áreas abordadas, no total), fazendo com que cada uma delas tenha um peso diferente. O candidato tem 5 horas para terminar a prova – que é feita sem o auxílio de qualquer material didático.

2) Prova prático-profissional: para realizar a prova prático-profissional, o candidato deve ter acertado pelo menos 50% das questões da prova objetiva (ou seja, 40 questões). Nessa fase, o candidato terá que indicar, no ato da inscrição, que área do direito deseja ter como tema na prova (Direito Constitucional, Direito Trabalhista etc.). A prova consiste de duas partes: primeiro, deve redigir uma peça profissional, depois, deve responder a quatro questões referentes à sua resolução. Ela vale 10 pontos e, para se conseguir a aprovação, o candidato deve tirar, no mínimo, 6. É importante ressaltar que o candidato poderá consultar a legislação da área que escolheu fazer a prova, sem qualquer tipo de comentário ou coisa parecida.

As provas são realizadas uma em cada dia, em dois dias seguidos.

Depois de ser aprovado, o candidato deverá comparecer a OAB de sua região munido dos documentos requeridos.

Visto que as provas possuem um nível avançado de conhecimento, a seleção dos candidatos é muito criteriosa. Cerca de 20%, somente, do total é aprovado. É possível consultar, na internet, as últimas edições das provas da OAB, com seus respectivos gabaritos. Além disso, cursinhos populares dão aulas específicas para quem busca ser aprovado no exame, incluindo apostilas.

Se você está finalizando seu bacharelado em Direito e pretende advogar futuramente, não perca tempo e estude o quanto antes para a prova. Só com a aprovação no Exame da Ordem, você conseguirá a tão sonhada carteira da OAB.

Para mais informações:

Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

Tel.: 0800 2834628.

E-mail: examedeordem@fgv.br.

Deixe um comentário